Image Map
UFOs desafiam os cientistas e desfilam sobre vulcão Popocatépetl no México - Enigmas e Mistérios. F

Header Ads

UFOs desafiam os cientistas e desfilam sobre vulcão Popocatépetl no México





Especial do jornalista e editor do Rastreador News
Uma das primeiras imagens obtidas sobre o Vulcão
O México sempre foi palco de manifestações que intrigam o mundo pela sua freqüente atividade ufológica, sendo uma das regiões do planeta onde a aparição de objetos voadores não identificados impressiona. Mas uma região em especial vem sendo alvo do fenômeno UFO desde o ano de 1999.
Localizado há 60 quilômetros a leste da capital mexicana, o vulcão Popocatépetl tornou-se palco da manifestação de intrigantes fenômenos até agora ignorados pelo governo mexicano, e pelos cientistas envolvidos com o monitoramento da atividade do vulcão. Com 5.452 metros e com uma cratera de aproximadamente 900 metros de diâmetro, a atividade do vulcão vem sendo monitorada 24 horas por dia pelo CENAPRED (Centro Nacional para a Prevenção de Desastres), no México.
Este instituto de pesquisa mantém uma câmera de observação apontada diretamente para o vulcão, e em algumas ocasiões conseguiu flagrar objetos voadores não identificados sobrevoando sua cratera. Foi o que aconteceu em 28 de junho de 1999, onde foram filmados OVNIs sobrevoando o vulcão em plena atividade desde 1994.
No dia 22 de dezembro de 2000, o jornal mexicano "Milenio" publicou em sua primeira página uma fotografia do Vulcão Popocatépetl e uma estranha luz descendo sobre seu cone. A estranha luz –que pareceu girar violentamente ao aproximar-se da cratera do Popocatépetl– foi vista na terça-feira, dia 19, às 06h10, com uma exposição prolongada de 20 segundos -tempo utilizado para uma sobre-exposição.
Já em 2001, precisamente no dia 22 de fevereiro, um objeto foi notado bem acima da cratera do vulcão, detalhe que não passou desapercebido pela câmera de vigilância do CENAPRED. Questionado a respeito da atividade de estranhas luzes que rondam o vulcão, o Centro de Prevenção de Desastres do México limitou-se a manter o silêncio já habitual neste tipo de ocorrência.
A atividade sobre o Popocatépetl é tão intensa, que no dia 7 de março de 2001, novas luzes surgem sobre o vulcão. Foram vistas à noite e dezenas de pessoas das regiões próximas ligaram para as estações de rádio para relatar o fato. Segundo as informações recebidas nas emissoras de Puebla, os supostos avistamentos aconteceram especialmente em uma região próxima ao vulcão, famosa pelo acúmulo de energia que impede o funcionamento das bússolas.
Uma das testemunhas, Guadalupe Carrillo, declarou a uma emissora local que as luzes "tinham movimento, passavam por cima do vulcão, regressavam e giravam". Já um habitante de San Francisco Totimihuacan afirmou que uma das luzes ficou fixa no céu, enquanto outra girava ao redor.
Mas talvez a mais impressionante das aparições tenha ocorrido no dia 14 de fevereiro de 2001. A câmera do CENAPRED foi surpreendida pela atividade OVNI na cratera, onde um UFO branco em forma de charuto aproximasse do vulcão, realizando uma manobra arriscada. Logo depois surge um outro objeto ao lado do primeiro, diferenciando-se pelo seu formato ovalado.
De acordo com a testemunha Vicky Byrum, o avistamento ocorreu durante o monitoramento da atividade do Popocatépetl. Diversas testemunhas mexicanas que estavam próximas da região disseram que a atividade desses objetos aumentou desde a memorável erupção no último dia 18 de dezembro de 2000.
Três momentos diferentes. No destaque, a câmera que captou a segunda e a terceira imagens.
Mesmo que para alguns o fenômeno seja real -mostrando visivelmente uma atividade alienígena em nosso planeta-, alguns cientistas não mostram tanta certeza nessas afirmações. Este é o caso de Peter Ness, geólogo, que emitiu sua opinião sobre as recentes luzes vistas sobre o vulcão Popocatepétl:
"Estas luzes são naturais e ocorrem por causa das flutuações magnéticas. As placas tectônicas se chocam entre si nas profundezas do vulcão, há centenas ou milhares de quilômetros de distância, e a mesma falha telúrica funciona como um condutor para o magma, canalizando a liberação da energia elétrica", comentou.
"Outra coisa que acontece ao redor de um vulcão ativo é a emissão de gases que são invisíveis ao olho humano, mas que podem explodir e aparecer nas encostas do vulcão. O certo é que esses OVNIs são ocasionados por uma ação natural. Essas luzes tendem a enganar a maioria das testemunhas, porque não são vistas normalmente", afirmou o geólogo.
O que sabemos realmente é que o México guardou sempre uma estreita relação com os OVNIs e suas aparições. Resta agora estudar e entender o fenômeno, que, ao que parece, não têm data para terminar.
Rastreador News: as notíciasque você não lê no seu jornalEquipe Vigília
Acompanhando os caminhos da ufologia desde a década de 80, o jornalista e repórter Alexandre Gutierrez, 28 anos, sempre sentiu a necessidade de transmitir o incrível volume de notas jornalísticas sobre os UFOs, geradas diariamente por testemunhas civis, militares e veículos de comunicação ao redor do mundo.
E para reunir e organizar essas informações, decidiu usar a internet como principal meio de comunicação para publicar esses dados. Em novembro de 2000 surgia o Rastreador News, um site voltado exclusivamente para mostrar que os UFOs existem, e estão sendo filmados e fotografados em várias partes do globo.
“A internet derruba várias barreiras que encontramos no jornalismo impresso. Pela sua velocidade, as pessoas têm acesso aos fatos quase que instantaneamente”, afirmou. O site vêm para suprir a carência de notícias sobre a aparição dos UFOs nas páginas dos jornais e revistas brasileiros.
Para Alexandre, “diferente de outros países, existe ainda no Brasil uma enorme desinformação e preconceito sobre o assunto, principalmente no meio jornalístico”, completou.
O internauta ainda pode participar da lista de discussão mantida pelo site. Na lista são discutidos os principais temas da ufologia nacional e mundial, contando sempre com informes especiais sobre as últimas notícias relacionadas com o assunto OVNI.
“O Brasil têm de aprofundar cada vez mais a discussão sobre o fenômeno. Os UFOs estão presentes, são reais, e precisamos tentar entender o que iremos aprender com tudo isso”, concluiu.
Tecnologia do Blogger.