Image Map
ANTIGOS ASTRONAUTAS - Enigmas e Mistérios. F

Header Ads

ANTIGOS ASTRONAUTAS





Imagine a seguinte cena: um gigantesco OVNI paira sobre o deserto, dele saem raios laser que deslocam enormes blocos de pedras sob os assustados olhares dos nômades. Quando a nave vai embora, ficam sobre a areia três grandes pirâmides. Durante gerações, os maravilhados homens das tribos contarão o acontecimento em suas lendas e livros sagrados descrevendo a nave como um mensageiro dos deuses e seus pilotos como anjos sobre carros dourados. Segundo alguns, essa cena pôde ter ocorrido realmente há 5.000 anos em Gizeh, o território da Grande Pirâmide do Egito, e em diferentes épocas em outros lugares: em Stonehenge (Inglaterra), no leste da Islândia e na América do Sul. Porém, porque uma civilização avançada teria interesse em ajudar esses povos a construírem essas enormes estruturas? As teorias supõem que eles estariam com isso, afirmando a sua posição de comunicadores cósmicos ou que estariam construindo portais para as estrelas. Alguns partidários da teoria dos antigos astronautas chegam a sugerir que a própria espécie humana foi "semeada" por alienígenas. Segundo o que dizem, esses visitantes chegaram há milhares de anos e ajudaram na evolução humana, assim como está descrito na novela de Arthur C. Clarke, "2001: uma odisséia no espaço."

ANCESTRAIS ALIENÍGENAS

Essas idéias não são novas. O conceito de que civilizações avançadas das estrelas teriam influenciado no progresso humano, já existia, pelo menos, desde a época vitoriana, quando a Sociedade Teosófica imaginou uma história alternativa para o homem. Porém o conceito não chegou a ser conhecido até os anos 70, através dos livros dos suiço Erich Von Dãniken. Von Dãniken escreveu uma série de livros de sucessos, começando por Chariots of the Gods ? (1969), no qual apresenta provas de visitas alienígenas na antiguidade.




Alguns defensores da teoria dos antigos astronautas acreditam que essa pintura rupestre australiana, de mais de 5.000 anos, representa viajantes espaciais extraterres- res com capacetes. Uma figura notavelmen- te semelhante (foto menor), do ano 6.000 a.c., encontra-se do outro lado do mundo na região do Tassili, no deserto do Saara.


IMAGENS UNIFORMES


Apesar de boa parte do trabalho de Von Dãniken ter sido desacreditada, alguns ufólogos acreditam que suas descobertas possuem algo de verdadeiro: seres civilizados visitaram a Terra e deixaram seus vestígios no começo da civilização. Porém, onde está a prova? A teoria de Von Dãniken e as idéias dos defensores dos antigos astronautas fundamentaram-se na notável consistência das imagens e ícones dos povos antigos. Existe também uma uniformidade em suas lendas e nas características de seus paquenos deuses que não pode ser casual. Referem-se à semelhança de relacionamento de origem tão diversa como o Antigo Egito, o Império Maia e a antiga China, nenhum desses povos manteve contato um com o outro. Uma das melhores descrições dos possíveis visitantes alienígenas encontra-se em um dos mais antigos textos da Índia: o Mahabharata.

TEXTOS ANTIGOS

Em diversas partes do texto, os autores descrevem o que chamam de Virmana, uma palavra que significa "máquina voadora" . No texto, as Virmanas são descritas como veículos voadores usados para fins militares e são, muitas vezes, pilotadas por deuses hindus. Uma dessas armas é chamada de Agneya e aparece em uma passagem particularmente impressionante: Foi disparado um flamejante projétil dominado pelo resplandecer do fogo sem fumaça. De repente, uma espessa neblina envolveu as tropas. Todos os pontos do horizonte escureceram-se repentinamente. Começaram a soprar ventos portadores do mal. As nuvens agruparam-se no alto do céu e choveu sangue. O sol parecia girar sobre si mesmo. O mundo, abrasado pelo calor de tal arma, parecia ter febre. À primeira vista, isso poderia perecer uma arma nuclear provocando uma explosão, induzindo os entusiastas a pensarem que a Virmana teria que possuir uma origem extraterrestre, já que conhecemos essas armas há pouco tempo.

Petróglifo do deserto Toro Muerto, no Perú, que mostra o que Erich Von Dãniken acredita ser um traje espacial. A semelhança dessa figura com o "astronauta" talhado em rocha pré-histórica (foto menor) encontrada perto de Capo di Ponte na Itália é chocante.

PROVAS ADICIONAIS

Contudo, essa passagem como muitas que dão suporte às teorias dos antigos astronautas está completamente aberta a diversas interpretações. É possível que esse relato originalmente descrevesse um fenômeno natural, como uma erupção vulcânica e que o conto tivesse sido modificado por numerosas interpretações. Porém, os entusiastas asseguram que existem mais provas. Segundo os defensores da teoria dos antigos astronautas, os homens primitivos estavam obcecados por figuras com trajes espaciais. Desenhos do que parecem ser astronautas encontram-se em cavernas da América, Europa, África, Extremo Oriente e Austrália. Para apoiar essa prova, os defensores dessa teoria investigaram o que eles supõem serem antigas áreas de pouso de OVNIs. A mais conhecida delas é a planície de Nazca, no Perú, que só pode ser identificada em sua totalidade através de fotos aéreas. Os arqueólogos insistem na idéia de que os sinais de Nazca são caminhos incas, porém , difícil é aceitar o fato deles não levarem a lugar algum. Os sinais incluem algumas configurações bem estranhas que os mais entusiastas identificam como zona de estacionamento para naves e veículos espaciais . O maior problema em relação com a visitas de alienígenas reside em como eles teriam conseguido atravessar as grandes distâncias interestelares para chegarem aqui. Até os partidários da teoria das visitas alienígenas reconhecem que o lugar mais próximo onde poderia existir outra civilização estaria a 4,2 anos luz de distância (a estrela mais próxima do Sol) .

QUEBRA-CABEÇA CIENTÍFICO

Tais distâncias significam que mesmo que uma civilização tivesse descoberto como viajar na velocidade da luz, precisaria de mais de oito anos para realizar a viajem de ida e volta. Tempo demais para uma visita de cortesia . Outros sugerem que esses seres teriam desenvolvidos sistemas para transpor as leis da física que impõe um limite de velocidade nas viagens interestelares. Outra teoria sustenta que, há milhões de anos, uma civilização avançada teria passado por aqui quando dirigia-se a outros mundos com a missão de colonizá-los. Os alienígenas que visitaram os faraós ou os maias, o fizeram abandonando a nave-mãe durante pouco tempo e deixaram alguns sinais definitivos na história da humanidade.
Tecnologia do Blogger.